PATROCINADORES

Ações da Petrobras desabam com rumores sobre demissão de Castello Branco

A possibilidade de interferência do presidente Jair Bolsonaro na Petrobras, por conta dos sucessivos aumentos nos preços da gasolina e do diesel, refletia nas ações da companhia negociadas na B3. No início da tarde desta sexta-feira (19), os papéis preferenciais da companhia caíam acima de 5%. Já a baixa dos ordinários era superior a 6%. Bolsonaro reiterou uma declaração feita em sua live semanal, na noite de quinta-feira (18), de que haverá mudanças na estatal. O principal rumor envolve a eventual demissão de Roberto Castello Branco (foto) da presidência. Segundo o Estadão, o nome do ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque, surge como o mais cotado em caso de troca no comando da empresa.

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

cinco × três =

Pergunte para a

Mônica.