PATROCINADORES

Abate de bovinos no primeiro tri é o menor desde 2009, aponta IBGE

O abate de bovinos no primeiro trimestre deste ano foi de 6,56 milhões de cabeças, uma queda de 10,6% em comparação ao primeiro trimestre de 2020 e de 10,9% ante o trimestre anterior. Este é o menor resultado desde o primeiro trimestre de 2009, aponta a Estatística da Produção Pecuária do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), divulgada nesta terça-feira (8).

A redução foi verificada em 23 das 27 unidades da federação. O Mato Grosso continua liderando, com 15,7% da participação nacional, seguido por Mato Grosso do Sul, com 11,7%, e São Paulo, com 10,2%.

Exportação

A exportação segue aquecida. A Secretaria de Comércio Exterior (Secex) do Ministério da Economia registrou o terceiro maior volume de carne bovina in natura embarcada nesse período, com 133,82 mil toneladas em março. Foi um recorde para o mês.

Frango e suínos

Já o abate de frangos teve um novo recorde na série histórica iniciada em 1997, chegando a 1,57 bilhão de cabeças no primeiro trimestre. O resultado é 3,3% superior ao mesmo período de 2020 e 0,7% acima do quarto trimestre de 2020. O Paraná lidera a produção, com 33,1% da participação nacional, seguido por Rio Grande Sul, com 13,9%, e Santa Catarina, com 13,3%.

O abate de suínos no primeiro tri foi de 12,62 milhões de cabeças, o melhor resultado para o período desde o início da série. O aumento foi de 5,7% em relação ao mesmo período de 2020 e de 0,6% na comparação com o quarto trim do ano passado. Santa Catarina tem 28,9% da participação nacional, seguido por Paraná, com 20,3%, e Rio Grande do Sul, com 17,5%.

Derivados

  • A aquisição do leite cru teve aumento de 1,8% em relação ao primeiro trimestre de 2020, chegando a 6,56 bilhões de litros, a maior no acumulado em um primeiro trimestre. O resultado é 3,5% menor em comparação com o quarto tri de 2020;
  • A produção de ovos foi de 978,25 milhões de dúzias, alta de 0,3% frente ao apurado no primeiro trimestre de 2020 e queda de 1,3% na comparação com o trim anterior.
  • Os curtumes receberam 7,07 milhões de peças de couro no primeiro trimestre, 6,6% a menos do que o adquirido no primeiro trimestre de 2020 e queda de 8% em relação ao quarto tri de 2020. Foi o menor resultado para um primeiro tri desde 2002.

(Com Agência Brasil)

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pergunte para a

Mônica.