PATROCINADORES

Petrobras despenca e puxa queda do Ibovespa. Dólar tem forte alta

Influenciado pelo desempenho negativo da Petrobras, o Ibovespa fechou o pregão desta terça-feira (13) com queda de 0,71%, aos 84.914 pontos. Esta é a quinta baixa do índice nos últimos seis dias. O recuo no preço internacional do petróleo derrubou as ações da empresa, decisiva na composição do índice. Entre os cinco papeis mais negociados do dia, quatro fecharam em baixa: preferenciais da Petrobras (-4,30%), Itaú Unibanco (-0,37%), Banco do Brasil (-1,14%) e Bradesco (-1,80%). As ações da Vale subiram 2,59%. Já o dólar comercial atingiu seu maior valor em mais de um mês, ao avançar 1,96%, negociado por R$ 3,83.

Por que é importante

Influenciado por fatores externos, o Ibovespa continua caindo após ter atingido sua máxima histórica

Quem ganha

As ações da Suzano tiveram a maior alta do dia: 6,17%, cotadas a R$ 36,31

Quem perde

As ações ordinárias da Petrobras tiveram a maior baixa do dia: 4,61%, cotadas a R$ 26,70

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

quatro × 1 =

Pergunte para a

Mônica.