PATROCINADORES

Ibovespa volta a cair após alta nos juros nos Estados Unidos

O Ibovespa encerrou em queda nesta terça-feira (13), após o Fed, o banco central americano, aumentar, pela segunda vez no ano, a taxa de juros, que avançaram do patamar de 1,75% a 2%. O índice recuou 0,87% aos 72.122 pontos, renovando a mínima do ano. A decisão do Fed também afetou o dólar, que registrou alta de 0,16%, cotado a R$ 3,71. O avançou foi contido, em parte, após o Banco Central brasileiro fazer três leilões de swaps cambiais, um deles logo após o anúncio do Fed. As cinco ações mais negociadas do dia encerram em baixa: Vale (0,29%), Itaú (0,98%), Banco do Brasil (1,82%), Ibovespa (16,94%) e os papéis preferenciais da Petrobras (1,88%).

Por que é importante

O aumento do juro americano atrai capital para os Estados Unidos, diminuindo o fluxo de investimentos para países em desenvolvimento, como o Brasil. Isso, somado às incertezas eleitorais e ao baixo crescimento do PIB, explica a queda do Ibovespa

Quem ganha

As ações preferenciais da Eletrobras registram a maior alta do dia (5,11%), cotadas a R$ 16,65

Quem perde

As ações da Cielo registram a maior baixa do dia (5,39%), cotadas a R$ 14,58

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

seis − 1 =

Pergunte para a

Mônica.