Image Image Image Image Image Image Image Image Image Image
Scroll to top

Top

Nenhum comentário

Ibovespa sobe, mas encerra a semana abaixo dos 100 mil pontos

Ibovespa sobe, mas encerra a semana abaixo dos 100 mil pontos

Em uma semana dominada pelo mau humor no cenário externo, com o temor de que a economia global pode entrar em recessão, o Ibovespa teve uma trégua nesta sexta-feira (16). O índice fechou o dia em alta de 0,76%, aos 99.805 pontos. A bolsa brasileira reagiu positivamente às notícias da China e da Alemanha. Pequim disse que vai adotar medidas para estimular a economia e Berlim prepara um plano para enfrentar uma possível recessão no país. Na semana, o Ibovespa recuou 4,03%, perdendo os 100 mil pontos.

Entre as cinco ações mais negociadas do dia, subiram: NotreDame Intermédica (2,11%) e B3 (2,65%). Caíram: preferenciais da Petrobras (-1,32%), Vale (-0,46%) e Itaú Unibanco (-1,86%).

O dólar fechou a sexta-feira em alta de 0,34%, cotado R$ 4,00. Na semana, a moeda americana acumulou valorização de 1,57%.

Por que é importante
O medo de uma recessão global afeta mercados emergentes, como o Brasil, já que os investidores buscam proteção em mercados mais seguros
Quem ganha
As ações da Hypera registraram a maior alta do dia (5,95%), cotadas a R$ 31,87
Quem perde
As ações da Via Varejo registraram a maior baixa do dia (-7,41%), cotadas a R$ 7,12

Envie seu comentário

8 − dois =