PATROCINADORES

Ibovespa sobe após trégua entre Estados Unidos e China; dólar recua

O Ibovespa opera em alta no início de julho, impulsionado pela trégua comercial entre EUA e China. Às 11h58 desta segunda-feira (1º), o índice subia 0,88%, aos 101.853 pontos, após ter avançado 4,06% no mês passado. O dólar comercial recuava 0,64%, negociado por R$ 3,81. A bolsa brasileira acompanha o mercado global, aliviado depois dos presidentes da China e dos Estados Unidos, Xi Jinping e Donald Trump, chegarem a um acordo para retomar as negociações e tentar encerrar a guerra comercial.

As cinco ações mais negociadas da sessão operavam em alta: Neoenergia (7,80%), Vale (2,86%), preferenciais (0,51%) e ordinárias (0,43%) da Petrobras e Itaú Unibanco (0,76%).

Por que é importante

O fim da guerra comercial diminuiria o risco da economia mundial entrar em recessão, aumentando o apetite dos investidores pelo mercado de ações

Quem ganha

As ações da BRF registravam a maior alta do dia: 4,44%, cotadas a R$ 30,83

Quem perde

As ações da Qualicorp registravam a maior baixa do dia: - 3,35%, cotadas a R$ 22,20

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dezenove + nove =

Pergunte para a

Mônica.