PATROCINADORES

Ibovespa sobe apoiado na disparada das ações da BRF

Depois de passar o dia todo no campo negativo, o Ibovespa ganhou força a partir das 17h e terminou a segunda-feira (2) em leve alta de 0,11% aos 72.840 pontos. O resultado foi motivado pela melhora nas bolsas internacionais – o Down Jones avançou 0,15%, o S&P 500, 0,31% e o Nasdaq, 0,44% – e a disparada dos papéis da BRF, que valorizaram 12,72%, após a divulgação do plano de recuperação pelo novo presidente, Pedro Parente. A BRF e o cenário exterior aliviaram a pressão negativa provocada pelas ações da Vale (1,67%), a única a fechar em baixa entre as mais negociadas do dia, com o recuo no preço do minério de ferro na China. Encerraram em alta o Itaú (0,02%) e os papéis preferenciais e ordinários da Petrobras (1,63% e 1,18%, respectivamente).

O dólar comercial fechou em alta de 0,87%, cotado a R$ 3,91, com os investidores cautelosos quanto ao aumento das tensões comerciais entre EUA e China. O Banco Central não fez intervenções no mercado nesta sessão, mas afirmou que continuará atuando de forma coordenada com o Tesouro para prover liquidez e bom funcionamento do mercado de câmbio.

Por que é importante

Aos poucos, a bolsa dá sinais de entrar em tendência de alta. O cenário eleitoral aberto, porém, pode provocar novas quedas e oscilações

Quem ganha

As ações da BRF registraram a maior alta do dia (12,72%), cotadas a R$ 20,29

Quem perde

As ações da Via Varejo registraram a maior baixa do dia (3,92%), cotadas a R$ 17,88

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

2 + 10 =

Pergunte para a

Mônica.