PATROCINADORES

Ibovespa renova recorde com queda dos juros nos Estados Unidos

O Ibovespa retomou os 108 mil pontos e bateu mais um recorde nesta quarta-feira (30). O índice fechou em alta de 0,79%, aos 108.407 pontos. A decisão do Federal Reserve (Banco Central dos Estados Unidos), de um novo corte de 0,25 ponto percentual na taxa básica de juros do país, para a faixa entre 1,5% a 1,75% ao ano, animou o mercado. A queda favorece os investimentos em países emergentes, como o Brasil. O pregão foi encerrado antes do anúncio do Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central, que reduziu a taxa básica de juros (Selic) de 5,5% ao ano para 5% ao ano – menor patamar da série histórica. Entre as cinco ações mais negociadas do dia, subiram: preferenciais da Petrobras (0,87%), Magazine Luiza (6,97%), Itaú Unibanco (0,63%) e Banco do Brasil (1,56%). Caíram apenas os papéis da Vale (-0,12%). O dólar acompanhou o otimismo do mercado e fechou o dia em queda de 0,4%, cotado a R$ 3,98 – menor valor desde 13 de agosto.

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

5 − 4 =

Pergunte para a

Mônica.