PATROCINADORES

Ibovespa recua e perde os 94 mil pontos; dólar cai

A Bolsa registra queda pelo segundo dia consecutivo, após ter renovado sua máxima histórica na segunda-feira (14). Às 11h49, o Ibovespa recuava 0,14%, aos 93.926 pontos, após ter atingido 94.273 no valor mais alto da manhã. O movimento ainda é de realização de lucros após o avanço expressivo nos primeiros dias do ano – o índice acumula alta de 6,85% neste início de 2019.

Em um dia sem grandes novidades para os mercados globais, os investidores ficam no aguardo por novas sinalizações do governo Bolsonaro, que ainda não apresentou sua proposta de reforma da Previdência. No exterior, a bolsa de Londres opera em baixa após o parlamento britânico rejeitar amplamente o acordo do Brexit sugerido pela primeira-ministra Theresa May.

Entre as cinco ações mais negociadas do dia, quatro operavam em alta: Vale (0,48%), Suzano (2,06%), IRB Brasil (2,87%) e Hapvida (3,25%). Os papeis preferenciais da Petrobras registravam recuo de 0,32%. O dólar comercial caía 0,26%, negociado por R$ 3,72, depois de ter subido na terça (15).

Por que é importante

O Ibovespa vai encontrando um ponto de resistência na marca dos 94 mil pontos, mas tende a superá-la com o avanço das discussões em torno da reforma da Previdência

Quem ganha

As ações da Hapvida registravam a maior alta do dia: 3,25%, cotadas a R$ 32,73

Quem perde

As ações da Embraer registravam a maior baixa do dia: 3,08%, cotadas a R$ 21,09

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dois × 1 =

Pergunte para a

Mônica.