PATROCINADORES

Ibovespa recua após Congresso adiar sessão; dólar sobe

O Ibovespa opera em queda nesta quarta-feira (5), um dia após subir 0,37%. Às 12h31, o índice recuava 1,26%, aos 96.152 pontos, próximo à mínima do pregão (95.942 pontos). O dólar comercial avançava 0,43%, negociado por R$ 3,87. Os investidores adotam uma postura cautelosa depois de o Congresso Nacional adiar sessão da Comissão Mista de Orçamento para votar o crédito suplementar solicitado pelo governo. A gestão Bolsonaro quer ter acesso a R$ 248,9 bilhões extras para garantir o pagamento de despesas correntes sem descumprir a regra de ouro, que proíbe a emissão de dívida para pagar esse tipo de gasto. Entre as cinco ações mais negociadas da sessão, apenas as da Braskem (1,61%) operavam em alta. Os papeis preferenciais da Petrobras (1-64%), Vale (-2,20%), Banco do Brasil (-2,44%) e Bradesco (-1,48%) registravam queda.

Por que é importante

O adiamento da sessão mostra a dificuldade do governo na articulação política com o Congresso

Quem ganha

As ações da Azul registravam a maior alta do dia: 2,75%, cotadas a R$ 41,10

Quem perde

As ações da Tim registravam a maior baixa do dia: -3,71%, cotadas a R$ 10,63

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

cinco + 6 =

Pergunte para a

Mônica.