PATROCINADORES

Ibovespa opera estável após entrega de proposta para a Previdência

O Ibovespa opera próximo ao 0 a 0 após o governo Bolsonaro apresentar sua proposta de reforma da Previdência. Às 12h03, o principal índice da bolsa brasileira subia 0,05%, aos 97.711 pontos, um dia após ter avançado 1,19%. O Ibovespa chegou aos 98.544 pontos na máxima do pregão, por volta das 10h30, mas perdeu fôlego e chegou à mínima de 97.022 pontos em torno de 11h30, voltando a avançar na sequência. Em linha com o que era esperado pelo mercado, o projeto de mudança nas regras previdenciárias não afeta substancialmente o comportamento dos investidores, que agora passam a aguardar a tramitação do texto no Congresso. Entre as cinco ações mais negociadas do dia, três registravam alta: Itaú Unibanco (0,26%), Itaúsa (1,28%) e Banco do Brasil (0,22%). Os papeis preferenciais da Petrobras (-0,22%) e Vale (-0,15%) recuavam. O dólar comercial subia 0,31%, negociado por R$ 3,73.

Por que é importante

Com uma definição em torno da reforma, o mercado vai acompanhar de perto as discussões no Congresso, que devem durar alguns meses

Quem ganha

As ações da CSN registravam a maior alta do dia: 3,74%, cotadas a R$ 10,54

Quem perde

As ações da Engie Brasil registravam a maior baixa do dia: 3,55%, cotadas a R$ 42,92

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

2 × 3 =

Pergunte para a

Mônica.