Image Image Image Image Image Image Image Image Image Image
Scroll to top

Top

Nenhum comentário

Ibovespa encerra em baixa pela quinta semana consecutiva

Ibovespa encerra em baixa pela quinta semana consecutiva

O Ibovespa teve um dia forte oscilação, variando entre a mínima de 69.583 pontos e a máxima de 71.421 e encerrou a sexta-feira (15) em queda de 0,93% aos 70.758 pontos. É a primeira vez desde agosto de 2017 que o índice fica abaixo dos 70 mil pontos, mas ainda não rompeu o fundo dos 69 mil pontos, considerado um ponto de resistência que, se rompido, pode abrir espaço para quedas ainda mais acentuadas. As tensões internacionais entre EUA e China e as incertezas no cenário interno deixam os investidores cautelosos quanto aos ativos brasileiros. Dentre as cinco ações mais negociadas do dia, encerram em alta o Itaú (0,97%) e o Bradesco (1,78%). Fecharam em baixa a Vale (4,99%), Banco do Brasil (1,19%) e os papéis preferenciais da Petrobras (0,86%). O dólar recuou 2,15%, cotado a R$ 3,73, com o anúncio Banco Central de que estenderá a atuação no mercado de câmbio.

Por que é importante
A bolsa acumulou queda de 2,99% na semana, a quinta consecutiva – a maior sequência de perdas semanais desde janeiro de 2014. No ano, a baixa é de 7,39%
Quem ganha
As ações da Braskem registram a maior alta do dia (21,40%), cotadas a R$ 49,92
Quem perde
As ações da Eletrobras registraram a maior baixa do dia (8,39%), cotadas a R$ 13,00

Envie seu comentário

dezenove + 11 =