PATROCINADORES

Ibovespa cai após críticas de Guedes a mudanças na Previdência

O Ibovespa encerrou o pregão desta sexta-feira (14) em queda de 0,74%, aos 98.040 pontos, mas fechou a semana com avanço de 0,22%. O dólar comercial subiu 1,16%, cotado a R$ 3,90.

O índice recuou após o ministro da Economia, Paulo Guedes, criticar as mudanças feitas pelo Congresso Nacional no texto da reforma da Previdência. O parecer apresentado pelo relator da proposta na comissão especial da Câmara, Samuel Moreira (PSDB-SP), retirou alguns pontos propostos pelo governo, como as mudanças no benefício de prestação continuada (BPC) e na aposentadoria rural, diminuindo a economia prevista pela equipe econômica – de R$ 1,2 trilhão para R$ 913 milhões. A diferença seria compensada, em parte, pelo aumento na alíquota da Contribuição Social sobre o Lucro Líquido (CSLL) dos bancos, de 15% para 20%.

As cinco ações mais negociadas da sessão fecharam em baixa: Via Varejo (-1,39%), preferenciais da Petrobras (-0,44%), Vale (-0,87%), B3 (-5,32%) e Banco do Brasil (-1,77%).

Por que é importante

Com o resultado, a bolsa sobe 1,04% em junho

Quem ganha

As ações da Qualicorp tiveram a maior alta do dia: 2,34%, cotadas a R$ 21,89

Quem perde

As ações da B3 tiveram a maior baixa do dia: -5,32%, cotadas a R$ 35,75

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

6 + 17 =

Pergunte para a

Mônica.