PATROCINADORES

Ibovespa atinge máxima histórica com dados dos EUA. Dólar sobe

O Ibovespa voltou a se aproximar dos 90 mil pontos, após subir pelo terceiro dia consecutivo. O índice atingiu sua máxima histórica em um fechamento ao encerrar esta quinta-feira (29) com alta de 0,51%, aos 89.710 pontos, além de ter batido recorde intraday (aos 89.909 pontos). A bolsa brasileira segue repercutindo o bom humor externo. Dados do mercado americano divulgados nesta quinta reforçam o cenário traçado por Jerome Powell, presidente do Fed (Federal Reserve, o Banco Central dos Estados Unidos), na quarta (28), indicando que a taxa de juros do país deve avançar em ritmo menos acelerado. Entre as cinco ações mais negociadas do dia, duas fecharam em alta: Bradesco (1,25%) e Itaú Unibanco (0,89%). Fecharam em baixa os papeis preferenciais da Petrobras (-0,83%), Vale (-0,57%) e Banco do Brasil (-1,14%). Já o dólar comercial subiu 0,25%, negociado por R$ 3,85.

Por que é importante

O mercado financeiro prevê que o Ibovespa vai encerrar o ano acima dos 90 mil pontos

Quem ganha

As ações da CCR registraram a maior alta do dia: 11,17%, cotadas a R$ 12,74

Quem perde

As ações do Pão do Açúcar registraram a maior baixa do dia: 3,43%, cotadas a R$ 83,53

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

11 + cinco =

Pergunte para a

Mônica.