PATROCINADORES

Ibovespa abre o mês em queda após as últimas pesquisas

O Ibovespa encerrou o primeiro pregão de outubro com queda de 0,91%, aos 78.624 pontos, após ter acumulado alta de 3,48% em setembro. O dólar caiu 0,51%, negociado por R$ 4,02. Os investidores abriram a semana apreensivos após as últimas pesquisas eleitorais apontarem para a estagnação de Jair Bolsonaro (PSL) no primeiro turno e o avanço de Fernando Haddad (PT) em uma eventual disputa entre ambos. A tensão em solo brasileiro foi suficiente para anular os efeitos de um dia positivo no exterior, que repercutiu o acordo comercial fechado entre Estados Unidos e Canadá, no domingo (30).  

Analista da corretora Spinelli, Glauco Legat também destacou que o desempenho negativo de algumas ações contribuiu para o resultado negativo desta segunda-feira (1º). O Banco do Brasil, por exemplo, viu seus papeis caírem 4,21%. Já a Qualicorp viu suas ações despencarem 29,37% após a empresa fechar um acordo com seu fundador, considerado lesivo para os acionistas minoritários. Na opinião do especialista, a Bolsa deve se manter volátil até o fim das eleições, independentemente do que ocorrer no resto do mundo. “Nosso cenário é completamente atípico”, afirmou.

Por que é importante

O mês de outubro, que será marcado pelas eleições, deve refletir a tensão do mercado

Quem ganha

As ações da Bradespar registraram a maior alta do dia: 1,59%, cotadas a R$ 37,66

Quem perde

As ações da Qualicorp registraram a maior queda do dia: 29,37%, cotadas a R$ 11,64

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

4 × 4 =

Pergunte para a

Mônica.