Document
PATROCINADORES

Falta de candidatos reformistas competitivos derruba a bolsa

O resultado da pesquisa Datafolha para a eleição presidencial derrubou a bolsa brasileira na segunda-feira (16). O Ibovepa caiu 1,75%, aos 82.861 pontos.  Segundo Carlos Soares, analista de investimentos da Magliano Invest, a queda reflete o receio dos investidores a respeito da falta de candidatos competitivos e que abracem a agenda de reformas que equilibrem as contas públicas. “O mercado não se preocupa com candidatos, mas com a situação fiscal do país”, diz Soares. O analista da Magliano acredita que a economia brasileira tem fundamentos que justificam o Ibovespa aos 95.000 pontos. Mas a indefinição eleitoral vai provocar volatilidade nos próximos meses. “A queda oferece oportunidades de compra e é isso que estamos indicando aos nossos clientes.”

Por que é importante

As cinco ações mais negociadas do dia fecharam com resultados negativos: Petrobras (2,74%); Itaú (1,47%); Vale (0,98%); Ambev (1,20%); e Banco do Brasil (3,56%). Já os principais índices das bolsas americanas fecharam em alta. O Dow Jones subiu 0,87%, o S&P 500, 0,81% e o Nasdaq, 0,70%

Quem ganha

As ações da Suzano tiveram a maior alta do dia (1,68%), cotadas a R$ 36,86

Quem perde

As ações da Eletrobras tiveram a maior baixa do dia (4,29%), cotadas a R$ 22,07

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pergunte para a

Mônica.