Image Image Image Image Image Image Image Image Image Image
Scroll to top

Top

Nenhum comentário

Exterior puxa Ibovespa de volta aos 97 mil pontos; dólar sobe

Exterior puxa Ibovespa de volta aos 97 mil pontos; dólar sobe

Impulsionado pelo mercado global, o Ibovespa sobe pelo segundo dia seguido, retornando ao patamar dos 97 mil pontos. Às 11h38 desta sexta-feira (5), o índice avançava 0,88%, aos 97.162 pontos, após ter subido 1,93% na quinta (4). O dólar comercial registrava alta de 0,13%, negociado por R$ 3,86, um dia depois de ter recuado 0,54%. A bolsa brasileira acompanha os principais índices mundiais, que operam em terreno positivo após os Estados Unidos terem criado 196 mil novos postos de trabalho em março, acima dos 175 mil projetados pelo mercado. Os números ajudam a diminuir os temores em torno de uma possível recessão da economia mundial. No Brasil, os investidores respiram um pouco mais aliviados após o presidente Jair Bolsonaro ter se reunido com lideranças partidárias, na quinta, e tomado café da manhã com jornalistas nesta sexta, dando indícios que pretende deixar as polêmicas para trás.

Entre as cinco ações mais negociadas do dia, quatro operavam em alta:

Preferenciais da Petrobras (0,56%), Eneva (que não está listada no Ibovespa, 5,89%), Itaú Unibanco (1,45%) e Banco do Brasil (1,37%). Os papeis da Vale recuavam 0,19%.

Por que é importante
Com o resultado parcial, o Ibovespa vai subindo em torno de 2% no acumulado da semana
Quem ganha
As ações da JBS registravam a maior alta do dia: 5,45%, cotadas a R$ 16,64
Quem perde
As ações da CCR registravam a maior baixa do dia: -0,97%, cotadas a R$ 12,20

Envie seu comentário