Image Image Image Image Image Image Image Image Image Image
Scroll to top

Top

Nenhum comentário

Discussão de Guedes na Câmara azeda o humor dos investidores

Discussão de Guedes na Câmara azeda o humor dos investidores

A bolsa brasileira subia nesta quarta-feira (3) até por volta das 14h30, na esteira do cenário externo positivo. Mas desandou com as discussões do ministro da Economia, Paulo Guedes, na Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJC) sobre o projeto de reforma da Previdência. Foi a senha para os investidores adotarem a cautela. Resultado: o Ibovespa caiu pouco mais de 2 mil pontos, encerrando o dia em queda de 0,94%, aos 94.491 pontos. O dólar subiu 0,54%, sendo negociado a R$ 3,88.

Na CCJC, Guedes foi torpedeado por deputados da oposição sobre a proposta do regime de capitalização. Sem o apoio de deputados da base, houve uma discussão acalorada. Lá fora, o dia foi positivo com avanços sobre o acordo comercial entre Estados Unidos e China.

Das cinco ações mais negociadas do dia, somente os papeis da Vale fecharam em alta (0,15%). Os demais caíram: preferenciais da Petrobras (2,65%),Banco do Brasil (1,07%), Itaú (0,89%) e Bradesco (1,12%).

Por que é importante
Os investidores têm interpretado cada atrito entre integrantes do governo com o Congresso como obstáculos à aprovação da nova Previdência – daí a forte oscilação da bolsa nos últimos dias
Quem ganha
As ações da Cosan registraram a maior alta do dia: 2,51%, aos R$ 44,11
Quem perde
As ações da Via Varejo registraram a maior baixa do dia: 3,74%, aos R$ 4,38

Envie seu comentário

dezessete − um =