PATROCINADORES

Cena externa e incerteza política derrubam Ibovespa; dólar renova recorde nominal

O Ibovespa fechou a sexta-feira (3) em queda puxado pelos dados fracos do mercado de trabalho nos Estados Unidos e a instabilidade política no Brasil, principalmente em relação a uma possível demissão do ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, em meio à pandemia do novo coronavírus. O índice recuou 3,76%, aos 69.537 pontos. As cinco ações mais negociadas do dia caíram: preferenciais da Petrobras (-1,10%), Vale (-5,33%), Bradesco (-3,71%), Itaú Unibanco (-3,91%) e B3 (-2,58%). O clima de pessimismo também pressionou o dólar. A moeda norte-americana encerrou a sexta com valorização de 1,14%, cotada a R$ 5,32 – novo recorde nominal.

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pergunte para a

Mônica.