PATROCINADORES

C&A deve realizar IPO em outubro

A varejista de moda C&A quer abrir seu capital na B3. O pedido foi feito há duas semanas e divulgado nesta quinta-feira (12) pela Comissão de Valores Mobiliários (CVM). A estreia na Bolsa deve acontecer em outubro.

O objetivo da C&A, que tem 282 lojas no Brasil, é arrecadar R$ 2 bilhões, que segundo a varejista, serão usados para pagar dívidas e projetos de expansão do grupo. O plano prevê abertura de 159 lojas, um novo centro de distribuição e melhorias nas plataformas de comércio eletrônico.

A operação será coordenada pelos bancos por Morgan, Stanley, Bradesco, BBI, BTG Pactual, Citi, Santander e XP Investimentos.  Já os papéis secundários serão vendidos por meio da Cofra Investments e Incas AS, controlados pela família C&A.

Por que é importante

A abertura de capital da gigante varejista, com lucro potencial, deve atrair mais investidores. A expansão da C&A pode movimentar a economia do varejo

Quem ganha

Ganha a C&A, os novos investidores e o setor de varejo

Quem perde

As concorrentes do segmento, Lojas Renner e outras que tem ações na bolsa

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

três × quatro =

Pergunte para a

Mônica.