PATROCINADORES

Bolsa sobe por três dias seguidos e provoca queda do dólar

Em alta desde o início da semana, o Ibovespa registrou crescimento de 2,97% nesta quarta-feira (8), fechando o pregão aos 78.624 pontos. O desempenho fez o dólar cair (-1,63%) para R$ 5,14. Foi o valor mais baixo da moeda americana desde 27 de março, quando atingiu R$ 5,10.

O cenário externo foi favorável, com o Fed, o banco central americano, cortando a taxa de juros para até 0,25%, ampliando o acesso estrangeiro aos dólares e comprando ativos. A desistência de Bernie Sanders nas prévias democratas à Casa Branca e a alta do petróleo na expectativa do corte de produção a ser sacramentada na reunião de amanhã (quinta-feira, 9) da Opep ajudaram mais ainda. “No meio de tantas incertezas começamos a ver sinais de melhora no mercado”, afirmou Gustavo Almeida, analista da Spiti.

Entre as cinco ações mais negociadas, quatro registraram alta: preferenciais da Petrobras (5,61%), Itaú/Unibanco (5,13%), Bradesco (2,66%) e Magazine Luiza (4,66%). Vale teve baixa (-0,62%).

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pergunte para a

Mônica.