PATROCINADORES

Bolsa sobe após o corte na produção de petróleo entrar em vigor

A vigência do novo acordo para redução da produção de petróleo e a queda nos índices de mortes por causa da pandemia de coronavírus em países da Europa criaram um cenário animador nos mercados nesta segunda-feira (13), incluindo o Ibovespa. Ainda assim, a volatilidade está mantida, já que a situação da saúde pública nos Estados Unidos segue se agravando.

A queda de produção de petróleo deve ficar em torno de 20 milhões de barris, melhorando o preço desta commoditie. Assim como México e EUA, o Brasil aceitou reduzir a exploração, mas em uma proporção menor que a dos grandes produtores do Oriente Médio.

As cinco ações mais negociadas registraram altas: preferenciais da Petrobras (0,65%), Vale (2,98%), Bradesco (2,59%), Banco do Brasil (1,99%) e Itaú Unibanco (2,13%). O dólar fechou o dia com elevação de 1,86% após quatro dias de quedas, cotado a R$ 5,18.

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pergunte para a

Mônica.