PATROCINADORES

Bolsa em queda? Vá às compras. Analistas apontam as “pechinchas”

Em maio, o Ibovespa acumula baixa de 11,6%. A queda foi provocada pela decepção com a recuperação da economia, cenário externo turbulento (que envolve crises geopolíticas e alta dos juros nos Estados Unidos) e, mais recentemente, a paralisação dos caminhoneiros, que levou o governo a interferir na política de preços da Petrobras e provocou queda na produção. O cenário instaurou pânico em muitos investidores, que preferiram se desfazer das posições compradas. A baixa, porém, abre oportunidades para a compra de ações que, pode-se dizer, estão “baratas”, pois têm bons fundamentos e podem gerar bons lucros (e retornos para os acionistas). MONEY REPORT ouviu três especialistas e pediu que eles indicassem as “pechinchas” da bolsa.

Roberto Indech, analista-chefe da Rico Investimentos: Itaú Unibanco (ITUB4); ViaVarejo (VVAR11) e Localiza (RENT3). O analista prefere não estipular preços-alvo. Segundo ele, o cenário brasileiro atual ainda é muito incerto, dada a volatilidade econômica e a proximidade das eleições. Porém, crê que seja um bom momento para apostar nos papéis.

Carlos Soares, analista de investimentos: As ações preferenciais da Petrobras (PETR4), que têm espaço para crescer até R$ 30,00; Carrefour (CRFB3), que pode chegar a valer R$ 19,50; o Pão de Açúcar (PCAR4) que pode chegar a R$ 88,40. No setor de bancos, Itaú Unibanco (ITUB4) pode  atingir R$ 47,29; e o Bradesco (BBDC4), com alvo em R$ 40,00.

Raphael Figueredo, analista e sócio da Eleven Financial: Lojas Americanas (LAME4), que tem projeção para crescer até R$ 21,00; MRV (MRVE3), com alvo em R$ 16,70; a PetroRio (PRIO3) que, em meio à crise da Petrobras, assume maior importância, pode chegar a R$ 105.

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

cinco × 3 =

Pergunte para a

Mônica.