Document
PATROCINADORES

Bolsa cai após três avanços seguidos e retorna aos 94 mil pontos

O Ibovespa opera em queda nesta quarta-feira (24), mesmo após a Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara dos Deputados ter aprovado o texto de reforma da Previdência. Às 11h32, o índice recuava 1,24%, aos 94.735 pontos, depois de ter subido 1,41% no pregão anterior. Já o dólar comercial avançava 1,33%, negociado por R$ 3,97. Como a aprovação do projeto na CCJ era iminente, os investidores aproveitam a confirmação da notícia para realizar os lucros obtidos na terça (23). O texto segue agora para a comissão especial na Câmara.

Entre as cinco ações mais negociadas do dia, apenas as da BRF operavam em alta (0,40%). Os papeis preferenciais da Petrobras (-0,33%), Vale (-1,43%), Banco do Brasil (-1,70%) e Ambev (-1,58%) registravam queda.

Por que é importante

Apesar de a reforma da Previdência ter passado pela primeira etapa no Congresso, o mercado demonstra preocupação diante da dificuldade do governo na articulação política

Quem ganha

As ações da Estácio registravam a maior alta do dia: 1,86%, cotadas a R$ 27,40

Quem perde

As ações da B2W Digital registravam a maior baixa do dia: -3,53%, cotadas a R$ 37,76

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pergunte para a

Mônica.