PATROCINADORES

Bitcoin começa o ano com alta de 30%

Enquanto o Ibovespa, o principal índice da bolsa brasileira, tem sofrido com o coronavírus, o Bitcoin subiu 30% em janeiro. Foi a maior alta para o mês desde 2013 e o primeiro resultado positivo no período desde 2015. O curioso é que até pouco tempo atrás muitos analistas consideravam a criptomoeda fora do jogo. Não foi o que aconteceu. Em 2019, mesmo sem estardalhaço, a moeda virtual disparou 87%, mais do que a maioria dos investimentos convencionais.

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pergunte para a

Mônica.