PATROCINADORES

Bancos sobem e ajudam a encerrar sequência de três quedas da bolsa

Em dia de muita oscilação, o Ibovespa fechou a terça-feira (22) em alta de 1,13% aos 82.738 pontos, depois de chegar à mínima de 81.612 e à máxima de 83.146 pontos. A alta encerra a sequência de três baixas. O movimento foi puxado pelas ações dos bancos, que fecharam em alta: Itaú (2,42%), Bradesco (2,87%), Santander (0,28%) e Banco do Brasil (2,12%). As ações da Petrobras, que chegaram a cair 2,71% (preferenciais), pela manhã, diminuíram a queda após declaração do presidente da Câmara, Rodrigo Maia. Em seu perfil no Twitter, ele disse que vai propor zerar a Contribuição de Intervenção no Domínio Econômico (Cide), imposto sobre combustíveis, para baixar o preço da gasolina. Com isso, os papeis preferenciais da Petrobras caíram (1,36%). As ações da Vale também caíram (1,25%).

O dólar fechou em queda de 1,20%, cotada a R$ 3,64, após ações do Banco Central para conter a desvalorização do real.

Ouça a decisão de Rodrigo Maia:

Por que é importante

Na semana passada, as ações de empresas ligadas a commodities subiram e as de bancos, caíram. Agora a situação é inversa. Isso indica o receio dos investidores. Se as ações de empresas dos dois setores subirem, o Ibovespa poderia ultrapassar os 86.000 pontos

Quem ganha

As ações da América Latina Logística registraram a maior alta do dia (7,04%), cotadas a R$ 14,90

Quem perde

As ações da Suzano registram a maior baixa do dia (5,99%), cotadas a R$ 42,98

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

10 − seis =

Pergunte para a

Mônica.