Document
PATROCINADORES

Apesar da 3ª queda seguida, analista diz: “Bolsa está uma pechincha”

A Eleven Financial é uma casa de análises que tem se destacado no mercado pelas análises otimistas sobre a alta da bolsa de valores brasileira. Em entrevista a MONEY REPORT, Raphael Figueredo, sócio e analista, diz que, a despeito dos três dias consecutivos de queda, a tendência ainda é de alta e a baixa oferece oportunidades de compra. Leia abaixo os motivos apontados por Figueredo que levaram a essa queda, que, na semana, chega a 1,67%.

O Ibovespa cai pelo terceiro dia consecutivo. Por quê?

A palavra que explica a queda de hoje é frustração. Por dois motivos. O primeiro foi o balanço da Petrobras. O mercado esperava um resultado positivo, mas o que veio ficou abaixo das expectativas. O segundo ponto é que hoje (quinta-feira, 15) foi o décimo segundo dia consecutivo de saída de capital estrangeiro da bolsa. Nos dois casos, o sentimento é de frustração, um dos sentimentos mais pesados entre os investidores porque leva ao mau humor, que é materializado no preço. Daí a queda.

Por que o investidor estrangeiro está deixando a bolsa brasileira?

Há um descompasso entre a evolução do juro nos Estados Unidos com a evolução do crescimento de países emergentes. O juro sobe e os investidores retiram recursos de países emergentes. O Brasil virou a bola da vez. Mas isso não quer dizer que não irá voltar.

Chegamos ao fim da tendência de alta da bolsa?

Acho que não. Diria que a queda oferece oportunidades de compra. O movimento é de correção, que é algo natural. O país vive um período de retomada da economia que vai puxar para cima o preço das ações. A tendência ainda é de alta.

Então as quedas que estão ocorrendo devem ser aproveitadas para novas compras?

Sim.

Qual a projeção que vocês fazem para o Ibovespa?

Nosso alvo é trimestral. Em ano eleitoral não dá para ter um alvo muito longo porque muita coisa pode mudar. Acreditamos que o Ibovespa encerre o mês em 90.000 pontos.

Há quem diga que a bolsa brasileira está cara. Você não concorda?

Não. A bolsa pode estar cara se compararmos com os preços na metade do ano passado ou começo do ano. Mas, pelas perspectivas de recuperação da economia, eu diria até que está tudo muito barata. Principalmente em dólar, a bolsa brasileira está uma pechincha.

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pergunte para a

Mônica.