PATROCINADORES

Anúncio de novas tarifas dos EUA sobre a China freia alta da bolsa

A bolsa brasileira fechou o pregão da quinta-feira (01) em alta de 0,31%, aos 102.125 pontos, após um dia de altos e baixos. O avanço das negociações da privatização da Eletrobras fizeram as ações da empresa subirem e o anúncio de Donald Trump de que os EUA irão impor novas tarifas sobre produtos chineses piorou o humor do mercado e motivou uma queda na bolsa, que vinha numa curva ascendente.

Das cinco ações mais negociadas do dia, subiram: BR Distribuidora (+1,88%), Itaú (+0,17%). Caíram: Bradesco (-0,87%), Petrobras (-1,84%), Vale (-2,83%). O dólar subiu 0,71%, negociado a R$ 3,84.

Por que é importante

A bolsa teve um dia agitado após as reduções dos juros brasileiros e americanos na última quarta-feira (31) e o anúncio de novas tarifas sobre produtos chineses por parte dos EUA nesta quinta-feira (01)

Quem ganha

As ações ordinárias da Cielo registraram a maior alta (+15,33%), aos R$ 8,35

Quem perde

As ações do Instituto de Resseguros do Brasil registraram a maior queda (-3,34%), aos R$ 91,83

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

9 − cinco =

Pergunte para a

Mônica.