PATROCINADORES

Negociações recuperam força após iniciativa de reconciliação institucional

O Ibovespa fechou em alta de 1,72% nesta quinta-feira (9), aos 115.360 pontos, depois do presidente Jair Bolsonaro lançar uma carta apaziguando os ânimos com o Supremo Tribunal Federal (STF). Ele também almoçou com o ex-presidente Michel Temer (MDB). A bolsa chegou a cair 0,6% em decorrência da manutenção da tensão institucional criada por Bolsonaro no Dia da Independência e pelo risco de uma agravamento do movimento dos caminhoneiros. O dólar desvalorizou em 1,85%, cotado no encerramento em R$ 5,22. Pouco antes da divulgação da nota do presidente, a moeda estava em queda de 0,31%, a R$ 5,30.

As duas maiores altas na B3 foram da PetroRio (8,32%) e da Méliuz (5,19%). Das cinco ações mais negociadas, quatro apresentaram elevação: preferenciais da Petrobras (2,12%), Vale (-0,36%), preferenciais do Itaú Unibanco (1,32%), preferenciais do Bradesco (0,43%) e Petrobras (0,93%). O volume na sessão foi de R$ 39,3 bilhões.

Compartilhe

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Pergunte para a

Mônica.

©2017-2020 Money Report. Todos os direitos reservados. Money Report preza a qualidade da informação e atesta a apuração de todo o conteúdo produzido por sua equipe.