PATROCINADORES

Itaú projeta subida da Selic a 5% ao ano até o fim de 2021

Em relatório divulgado nesta sexta-feira (26), o Itaú Unibanco elevou de 3,5% para 5% ao ano a estimativa para a taxa básica de juros no final de 2021. A Selic atualmente está em 2% ao ano. Na avaliação da instituição, os juros devem começar a subir já na próxima reunião do Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central – marcada para março. Entre os motivos apontados para a alta estão a piora do quadro fiscal do país, com as novas rodadas do auxílio emergencial, e as incertezas globais, que reduzem as chances de apreciação expressiva da moeda brasileira nos próximos meses. “A extensão do auxílio emergencial prejudica a já frágil sustentabilidade fiscal brasileira, elevando o prêmio de risco local. O cenário global também tem se mostrado potencialmente mais desafiador à medida que os mercados se ajustam à perspectiva de recuperação cíclica forte e possibilidade de retirada antecipada de estímulos por parte do banco central americano”, diz a análise do Itaú. “Diante desses aumentos de riscos, o Banco Central do Brasil deve antecipar a elevação da Selic para 5,00% a.a. já no final de 2021 (anteriormente, esperávamos alta para 3,50% nesse ano e 5,00% no próximo). Passamos a esperar alta de 0,50 p.p. já na reunião de março (ante 0,25 p.p.). Esse mesmo ritmo deve ser mantido nas reuniões seguintes”, acrescenta o documento do banco.

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dezesseis − 14 =

Pergunte para a

Mônica.