Pesquisar
PATROCINADORES
PATROCINADORES

Inflação desacelera e aumenta expectativa por corte de juros

Dados provocaram alta no Ibovespa e queda do dólar

A queda da inflação de 0,7% em março divulgada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) aumentou a expectativa de economistas e investidores por uma queda da Selic, a taxa básica de juros, antes do previsto. O Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) chegou a 4,6%, abaixo do teto da meta da inflação de 4,75%.

Os dados fizeram com que o Ibovespa tivesse diversas altas e a cotação do dólar ficasse abaixo de R$ 5 pela primeira vez em dez meses. O Boletim Focus, relatório semanal do Banco Central, vêm revisando as estimativas para o IPCA e a Selic a cada semana, tornando cada vez mais distante que a meta seja atingida, o que é chamado pelos economistas como “desancorarem das expectativas.”

Uma das principais mudanças é que a desaceleração da inflação tem acontecido numa variedade maior de setores. Enquanto em 2022 a queda do IPCA foi impulsionada muito mais pelas desonerações dos combustíveis, este ano ela também atinge o setor de serviços e de bens industriais, como automóveis e eletrodomésticos. A difusão, que avalia quais produtos estão em alta, caiu de 65% para 60%, segundo o Goldman Sachs.

Compartilhe

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pergunte para a

Mônica.

[monica]
Pesquisar

©2017-2020 Money Report. Todos os direitos reservados. Money Report preza a qualidade da informação e atesta a apuração de todo o conteúdo produzido por sua equipe.