Document
PATROCINADORES

Roraima é o estado com maior liberdade econômica

Pequeno e distante das áreas mais desenvolvidas, Roraima foi o estado como maior nível de liberdade econômica do país em 2020, enquanto o Maranhão ficou em último lugar, indica o Índice Mackenzie de Liberdade Econômica (IMLEE), medido pela universidade paulistana de mesmo nome. O levantamento avalia o desempenho dos empreendedores e o grau de participação e interferência dos estados nos negócios (gasto governamentais, tributação, regulamentação e liberdade no mercado de trabalho). As informações de 2020 foram consolidadas com dados de 2018, enquanto o relatório de 2019 se baseou nos de 2017.

O IMLEE varia de zero (menos liberdade) a dez (mais liberdade). Quatro estados caíram na pontuação: Amapá (líder em 2019 e 10º este ano), Bahia, Amazonas e Maranhão.

Ranking do Mackenzie

  • Roraima: 8,92 pontos em 2020, contra 7,25 em 2019;
  • São Paulo: 8,45 pontos em 2020, contra 7,71 em 2019;
  • Espírito Santo: 8,34 pontos em 2020, contra 7,79 em 2019;
  • Pará: 8,20 pontos em 2020, contra 7,50 em 2019;
  • Rondônia: 8,09 pontos em 2020, contra 6,86 em 2019;
  • Rio de Janeiro: 8,01 pontos em 2020, contra 6,69 em 2019
  • Alagoas: 7,86 pontos em 2020, contra 6,94 em 2019;
  • Goiás: 7,84 pontos em 2020, contra 7,42 em 2019;
  • Paraíba: 7,77 pontos em 2020, contra 7,63 em 2019;
  • Amapá: 7,71 pontos em 2020, contra 7,94 em 2019 (líder no IMLEE);
  • Ceará: 7,69 pontos em 2020, contra 7,39 em 2019;
  • Rio Grande do Norte: 7,66 pontos em 2020, contra 7,09 em 2019;
  • Santa Catarina: 7,63 pontos em 2020, contra 7 em 2019;
  • Sergipe: 7,59 pontos em 2020, contra 7,12 em 2019;
  • Pernambuco: 7,58 pontos em 2020, contra 7,41 em 2019;
  • Mato Grosso: 7,57 pontos em 2020, contra 6,54 em 2019;
  • Tocantins: 7,55 pontos em 2020, contra 6,55 em 2019;
  • Bahia: 7,52 pontos em 2020, contra 7,65 em 2019;
  • Mato Grosso do Sul: 7,50 pontos em 2020, contra 6,46 em 2019;
  • Paraná: 7,33 pontos em 2020, contra 6,75 em 2019;
  • Minas Gerais: 7,26 pontos em 2020, contra 6,89 em 2019;
  • Acre: 7,15 pontos em 2020, contra 6,51 em 2019;
  • Amazonas: 7,15 pontos em 2020, contra 7,37 em 2019;
  • Rio Grande do Sul: 7,10 pontos em 2020, contra 6,61 em 2019;
  • Piauí: 6,96 pontos em 2020, contra 6,34 em 2019;
  • Maranhão: 6,81 pontos em 2020, contra 7,03 em 2019.

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pergunte para a

Mônica.