PATROCINADORES

Pelo direito de falar o que for – e assumir as consequências

Não à censura, não ao cerceamento das ideias, mesmo diante da mais absurda das besteiras e do autoritarismo mais desenfreado, desde que depois os envolvidos arquem com as consequências nas esferas legal e social – mas só depois. Por alto este foi o caminho do painel “Liberdade de expressão”, na 1ª Conferência Internacional da Liberdade, promovida pelo Instituto Liberal. Na apresentação, o cientista político Fernando Schüler e o jornalista Leandro Narloch, com mediação de Helio Beltrão, do Instituto Mises. De diferente modos, o trio defendeu a livre circulação de pensamento e debate, sem as amarras no neomoralismo da atual cultura do cancelamento e da censura judicial, que impedem a interpretação de críticas desagradáveis. Acompanhe.

Compartilhe

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Pergunte para a

Mônica.

©2017-2020 Money Report. Todos os direitos reservados. Money Report preza a qualidade da informação e atesta a apuração de todo o conteúdo produzido por sua equipe.