PATROCINADORES

MP da Eletrobras recebe 570 emendas e prazo esgota

O prazo de apresentação da medida provisória (MP) que trata da privação da estatal Eletrobras se esgotou nesta quinta-feira (26), depois de receber 570 emendas de deputados e senadores. Além disso, a MP sofreu duas devolutivas à Presidência da República por ausência de requisitos constitucionais de urgência e relevância A MP continua sem relatores indicados na Câmara e no Senado.

O Banco Nacional do Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) já tem autorização para iniciar os estudos de modelagem para o futuro edital. A privatização só ocorrerá após a aprovação do Congresso.

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

11 + três =

Pergunte para a

Mônica.