PATROCINADORES

Lira sinaliza que reforma tributária deve ser votada em partes

Em entrevista à Rádio Jovem Pan, o presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), disse nesta segunda-feira (26) que a tendência é que a reforma tributária seja votada em partes para facilitar a tramitação e a aprovação no Congresso. Lira já havia anunciado no último sábado que o relatório do texto será apresentado na primeira semana de maio. O presidente reforçou a importância da discussão e da necessidade de simplificar o sistema, para torná-lo mais justo e garantir mais segurança jurídica para o investidor. Lira acrescentou ainda que vai conduzir pessoalmente o tema na Câmara e que irá buscar um diálogo entre os parlamentares e o governo para fechar consenso. “Vamos tentar buscar o que o governo prioriza e quais sãos o pontos convergentes para começar a discutir a reforma tributária por partes. Comer um boi inteiro, a gente não consegue, mas podemos adiantar uma reforma com mais simplicidade, menos burocracia, com um ajuste fiscal mais justo e quem ganha mais, pague mais; e quem ganha menos, pague menos, com um sistema mais justo e com mais segurança jurídico e é isso que tem faltado ao Brasil”, declarou.

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

2 respostas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

doze + 4 =

Pergunte para a

Mônica.