PATROCINADORES

Líder do governo confirma que reforma tributária será votada em etapas

O deputado federal Ricardo Barros (PP-PR), líder do governo na Câmara, disse nesta quinta-feira (29) que a reforma tributária será votada em quatro etapas. A ideia já havia sido sinalizada no começo da semana pelo presidente da Casa, Arthur Lira (PP-AL). Segundo o Estadão, Barros apontou que a estratégia foi discutida entre Lira, demais lideranças parlamentares e o ministro da Economia, Paulo Guedes. O primeiro passo para tirar a reforma do papel será a apreciação do projeto do governo que unifica dois tributos federais (PIS/Cofins) e cria a Contribuição sobre Bens e Serviços (CBS). “Vamos começar pela simplificação tributária e depois vamos avançar na direção de organizarmos um sistema tributário mais fácil para o contribuinte, que custe menos para o contribuinte poder pagar corretamente os seus impostos”, afirmou.

Por que é importante

No acerto com Lira, a base governista avalia que o fatiamento pode facilitar a busca por consenso em pontos divergentes que travariam a totalidade da reforma

Quem ganha

A equipe econômica, que tenta retomar a agenda de melhorias do ambiente de negócios no país

Quem perde

A oposição, que pode ver a capacidade de mobilização reduzida

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Pergunte para a

Mônica.