PATROCINADORES

Leilões e concessões podem atingir investimentos de R$ 367 bi em 2021

O conselho do Programa de Parcerias e Investimentos (PPI), do Ministério da Economia, apresentou nesta quarta-feira (2) uma carteira com 115 ativos para leilões e projetos de concessão à iniciativa privada em 2021. A expectativa otimista é de geração de R$ 367 bilhões em investimentos. O anúncio veio após a 14ª reunião do conselho, presidida pelo ministro da Economia, Paulo Guedes, e com a participação do presidente Jair Bolsonaro.

Entre os projetos, estão a privatização de nove empresas estatais: Eletrobras, Agência Brasileira Gestora de Fundos Garantidores e Garantias (ABGF), Empresa Gestora de Ativos (Engea), CeasaMinas, Empresa de Trens Urbanos de Porto Alegre (Trensurb), Companhia Brasileira de Trens Urbanos de Minas Gerais (CBTU-MG), Correios (ECT), Companhia Docas do Espírito Santo (Codesa) e Nuclebras Equipamentos Pesados (Nuclep). Também estão previstas a concessão de 16 portos, entre os quais, os de Santos (SP) e de Paranaguá (PR); seis rodovias, com destaque para a Via Dutra (o trecho da BR-116 que liga Rio de Janeiro e São Paulo); 24 aeroportos, incluindo a relicitação de Viracopos (SP) e de São Gonçalo do Amarante (RN); seis parques e florestas, e licenças para exploração de jazidas de minérios e de óleo e gás.

Amapá e Eletrobras

A secretária especial do PPI, Martha Seillier, explicou durante a reunião que a privatização da Eletrobras é prioritária para governo federal, mas depende da aprovação de um projeto de lei que está em tramitação no Congresso Nacional. A estatal é avaliada hoje em cerca de R$ 60 bilhões.

Novos projetos

O conselho também incluiu no PPI 58 novos ativos e duas políticas, como a relicitação da concessão da Ferrovia Malha Oeste, leilões de geração e transmissão de energia elétrica e apoio ao licenciamento ambiental de usinas hidrelétricas.

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

sete + 9 =