Document
PATROCINADORES

Govtech cria ferramenta para racionalizar aplicação de códigos tributários municipais

O mapeamento de cerca de 400 códigos tributários municipais determinou que 12% das administrações não aprovaram ou atualizaram suas regras nos últimos 5 anos e metade do total está em vigor há mais de 20 anos, com seus arcabouços defasados. Como não dá para racionalizar qualquer sistema arrecadatório, por menor que seja, sem um mínimo de modernização e flexibilização, a startup Gove foi criada para atender gestores públicos. Baseados em dados e projeções, eles desenvolveram um guia eletrônico do Código Tributário Municipal, em um legítimo trabalho de govtech. Com as contas arrumadas e a sonegação reduzida, é possível até que as administrações comprometidas com o desenvolvimento local optem por reduzir suas cargas.

“Para a construção desse material trouxemos 3 especialistas com a premissa de mostrar aos servidores municipais quais ações são passíveis de serem executadas antes da reforma tributária e como isso influenciará os municípios. Queremos trazer o debate de como modernizar e deixar as cidades mais eficientes”, comenta Ricardo Ramos, cofundador da Gove.

“O interessante desse eBook é a orientação. Ele ajuda o gestor público a entender o que está sendo cobrado, as taxas, os impostos, a contribuição”, explica Fúlvio Albertoni, especialista em finanças públicas e ex-secretário da Fazenda de Juiz de Fora.

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pergunte para a

Mônica.