Document
PATROCINADORES

Empat e Intersal arrematam terminais portuários em Maceió e no RN

Dois terminais portuários na região Nordeste foram concedidos pelo governo federal. O de Maceió (AL) movimenta caargas de açúcar, o outro, é o Terminal Salineiro de Areia Branca (RN), um porto-ilha. A concorrência foi realizada na B3, em São Paulo nesta sexta-feira (5).

Única concorrente, a Empresa Alagoana De Terminais (Empat) levou o terminal de Maceió com oferta de R$ 15 mil de outorga pelo ativo. A companhia, que reúne produtores, já realiza a operação atualmente, por meio de um contrato de transição. Ao todo, estão previstos investimentos de R$ 55,7 milhões ao longo dos 25 anos de contrato, sendo este o único terminal de açúcar da região.

O consórcio Intersal foi o ganhador do porto-ilha potiguar, com lance de R$ 100 mil de outorga, sendo também a única concorrente. O contrato tem vigência de 25 anos e prevê investimentos de R$ 165 milhões. A plataforma hoje é operada pela Companhia Docas do Rio Grande do Norte (Codern), responsável pelo escoamento de sal marinho do principal produtor do país.

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pergunte para a

Mônica.