PATROCINADORES

Eletrobras no atraso; Petrobras no discurso; preços dos combustíveis

MONEY REPORT mostra as iniciativas e ideias liberalizantes e modernizadoras ao ambiente de negócios
Privatização pode ficar para agosto

O presidente da Eletrobras, Rodrigo Limp (imagem), admitiu em reunião nesta terça-feira (22) que a Eletrobras ainda trabalha na previsão de uma operação de capitalização em maio e posterior privatização da empresa, mas que o processo poderá ser concluído apenas em agosto. O prazo limite para a liquidação da oferta de ações da companhia é 13 de maio. Há uma razão. A empresa tem 134 dias para liquidar a operação a contar de 31 de dezembro, caso queira usar o balanço do quatro trimestre para fazer a oferta. Se a oferta ocorrer em data posterior, a empresa precisará se basear no balanço do primeiro trimestre de 2022, que tem previsão de publicação em 16 de maio. Nessa hipótese, a oferta passaria para meados de agosto. O problema é que quanto mais próximo da eleição, maior será a incerteza sobre a viabilidade da operação.

Como algumas pessoas se recusam a aceitar o sistema de preços

Parece que foi em outro milênio, mas faz apenas dois anos — mais precisamente, foi em março de 2020 — que houve uma comoção generalizada em relação aos preços do álcool em gel e das máscaras faciais. Com a histeria gerada pelo início da pandemia de covid-19, esses produtos passaram a ser propagandeados pela mídia como a salvação contra o vírus. Previsivelmente, a procura aumentou acentuadamente e os preços dispararam. Foi um sinal claro enviado pelo mercado: dado que a demanda repentinamente se tornou muito maior que a oferta, a única maneira de equilibrar esta nova e explosiva demanda com a atual e estática oferta era aumentando os preços. Caso contrário, simplesmente haveria desabastecimento e racionamento. 

___________________________________________

___________________________________________

Bolsonaro de bem com a Petrobras

Alvo do presidente Jair Bolsonaro por causa da alta dos combustíveis, a Petrobras terá destaque no plano de governo que o atual chefe do Executivo pretende apresentar na sua campanha. A equipe que elabora a parte econômica do documento informou que a proposta será usar a arrecadação com as privatizações de estatais — incluindo a petrolífera — para custear dois projetos sociais que seriam bandeiras de um eventual novo governo: o Fundo de Erradicação da Pobreza e o Fundo de Reconstrução Nacional. Segundo integrantes do Ministério da Economia, as antigas resistências de Bolsonaro em relação ao processo de venda da Petrobras estão praticamente dizimadas. Tanto que nos últimos meses, o ministro Paulo Guedes passou a dizer, com o aval do presidente, que a privatização será uma das prioridades de eventual segundo mandato. Os fundos serviriam para tocar obras de infraestrutura e moradia.

Uma efetiva solução para os combustíveis

Somente em 2021 a gasolina e o diesel subiram mais de 50% em reais. Em 2022, o preço segue em forte ascensão. Em dólares, o barril do petróleo, que já vinha subindo acentuadamente desde novembro de 2020, perdeu completamente o freio após a invasão da Rússia à Ucrânia. Após ter subido 70% em dólares, em 2021, o barril do brent subiu, em dólares, mais de 40% em 2022. É inevitável, portanto, que o preço de todos os derivados encareçam. Não há mágica. Mas a turma dos milagres nunca tira férias, já elencou os culpados e quer controle de preços. Como de costume, a prescrição predileta para resolver problemas socioeconômicos é uma marretada.

Marx e Smith erraram: o lucro não é deduzido do salário

O que Karl Marx e Adam Smith, tidos como pensadores opostos, têm em comum? Smith cometeu um erro extremamente básico e Marx criou toda sua teoria em cima deste erro — algo que possui monumentais consequências e que mudou o mundo para sempre. Em seu famoso tratado sobre a riqueza das nações, Adam Smith afirmou que, em condições primitivas ou em cidades pequenas, aqueles indivíduos que vão ao mercado para vender seus produtos (sejam eles produtos agrícolas, parte do seu rebanho ou mesmo produtos manufaturados) ganham, nesse processo de venda, um salário. Isto é, a renda auferida por esses indivíduos autônomos que vendem bens no mercado é o seu salário.

Compartilhe

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Pergunte para a

Mônica.

©2017-2020 Money Report. Todos os direitos reservados. Money Report preza a qualidade da informação e atesta a apuração de todo o conteúdo produzido por sua equipe.