PATROCINADORES

Comércio exterior acende sinal de alerta com queda das exportações

O superávit comercial brasileiro pode ter um significativo recuo em 2020 com a queda das exportações e o aumento das importações. Segundo o Estadão, citando projeções da Associação de Comércio Exterior do Brasil (AEB), o saldo positivo deve diminuir 42,18% no ano que vem frente o estimado para este ano. O cálculo leva em conta as perspectivas de que as exportações devem ter uma retração de 3,2% e as importações podem ter um avanço de 6,6%. O cenário acende um sinal de alerta em relação aos rumos do comércio exterior brasileiro. Entre os fatores que explicam o desempenho fraco das exportações da indústria nacional estão a disputa comercial entre Estados Unidos e China, a crise econômica na Argentina, a onda protecionista e também a perda de vigor do comércio global. Os especialistas apontam, no entanto, que parte do problema está no próprio Brasil. Uma das soluções seria melhorar as vendas de não commodities para a China e outros mercados da Ásia, com crescimento econômico maiores. Aumentar a integração da indústria brasileira no mercado global pode fortalecer o crescimento do PIB e evita ainda que o país perca uma importante barreira contra choques vindos de fora.

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pergunte para a

Mônica.