Document
PATROCINADORES
PATROCINADORES

XQ em SP atingiu casal sem a terceira dose

Versão recombinada das sublinhagens BA.11 e BA.2 da ômicron tem potencial ainda desconhecido

Os dois casos de covid-19 pela variante ômicron XQ identificados em São Paulo ocorreram em um casal que ainda não tinha tomado a primeira dose de reforço da vacina, informou o Instituto Butantan. As infecções foram confirmados pela Secretaria Municipal de Saúde, que fez as coletas na zona sul da cidade de São Paulo. Os pacientes não apresentam quadros graves. Os sintomas surgiram durante o feriado de Páscoa, com febre, dores de cabeça, no corpo e na garganta. O receio das autoridades sanitárias é que a XQ possa evoluir para um cepa mais perigosa.

A XQ foi identificada na Inglatrra na Holanda, sendo uma combinação das sublinhagens BA.1.1 e BA.2 da variante ômicron. Isso é diferente de casos em que o indivíduo é infectado ao mesmo tempo por duas cepas diferentes, como já aconteceu antes. No caso da XQ, assim como ocorreu com a XE, há uma mistura entre os elementos das duas subvariantes da ômicron que resultaram na nova versão, mas a pessoa não está sendo infectada simultaneamente pelas duas versões da variante, segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS).

O que MONEY REPORT publicou

Compartilhe

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Pergunte para a

Mônica.

©2017-2020 Money Report. Todos os direitos reservados. Money Report preza a qualidade da informação e atesta a apuração de todo o conteúdo produzido por sua equipe.