PATROCINADORES

Rússia bloqueia portos da Ucrânia no Mar de Azov, diz ministro ucraniano

KIEV (Reuters) – Dois portos da Ucrânia no Mar de Azov, Berdyansk e Mariupol, estão na prática sob bloqueio da Rússia, uma vez que embarcações estão proibidas de chegar e partir, disse o ministro da Infraestrutura ucraniano, Volodymyr Omelyan, nesta quinta-feira.

Ao todo 35 embarcações foram impedidas de realizar operações normais, e só aquelas que rumam para portos russos no Mar de Azov têm permissão para entrar, disse ele no Facebook.

“O objetivo é simples: ao impor um bloqueio a portos ucranianos no Mar de Azov, a Rússia espera expulsar a Ucrânia de nosso próprio território — território que é nosso, de acordo com todas as leis internacionais relevantes”, disse.

Omelyan disse que 18 navios estão esperando para entrar no Mar de Azov, sendo quatro para Berdyansk e 14 para Mariupol. Também existe uma fila de nove navios esperando para sair do mesmo mar e outros oito aguardam perto dos ancoradouros do porto.

Os carregamentos dos portos de Azov são em sua maioria de grãos e aço.

No domingo, a Rússia capturou três embarcações da Marinha ucraniana e seus tripulantes perto da península da Crimeia, que anexou em 2014, devido ao que disse ter sido sua entrada ilegal em águas russas. Kiev refuta enfaticamente a afirmação russa.

A apreensão das embarcações da Marinha levou a tensão entre Rússia e Ucrânia ao ponto mais alto desde 2015, quando rebeldes apoiados por Moscou se levantaram contra o governo de Kiev em Donbass, região do leste, desencadeando um conflito no qual mais de 10 mil pessoas foram mortas.

(Por Pavel Polityuk)

tagreuters.com2018binary_LYNXNPEEAS0S5-VIEWIMAGE

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

quatro + 5 =

Pergunte para a

Mônica.