PATROCINADORES

PF divulga imagens de possíveis disfarces de Battisti, considerado foragido

Por Anthony Boadle

(Reuters) – A Polícia Federal divulgou neste domingo imagens do italiano Cesare Battisti “com as principais possibilidades de disfarce” que poderiam ser utilizadas pelo ex-guerrilheiro de esquerda, considerado foragido no país após ter sua prisão e extradição decretadas na semana passada.

O presidente Michel Temer assinou na sexta-feira a extradição de Battisti, condenado na Itália por quatro assassinatos cometidos na década de 1970. Na véspera, o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Luiz Fux havia determinado a prisão do italiano, ao revogar uma liminar anterior contra a extradição.

O ex-guerrilheiro enfrenta pena de prisão perpétua em seu país natal, que há tempos pede a extradição ao Brasil.

Junto com a divulgação dos retratos de Battisti neste domingo, a PF pediu informações sobre o foragido e garantiu o anonimato de eventuais denúncias.

Battisti foi condenado por quatro assassinatos quando pertencia ao grupo Proletários Armados pelo Comunismo. Ele escapou da prisão em 1981 e morou na França antes de seguir ao Brasil para evitar a extradição para a Itália.

O governo italiano quase conseguiu a extradição em 2000, mas o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva concedeu asilo a Battisti no Brasil em seu último dia no cargo naquele ano.

Mais recentemente, o presidente eleito Jair Bolsonaro vinha prometendo que iria extraditar Battisti imediatamente após sua posse, no dia 1º de janeiro.

(Reportagem de Anthony Boadle, em Brasília)

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

2 × 4 =

Pergunte para a

Mônica.