PATROCINADORES

Autoridades de Tóquio estendem prisão de Ghosn por mais 10 dias, diz mídia

TÓQUIO (Reuters) – Autoridades de Tóquio estenderam por mais 10 dias, nesta sexta-feira, a prisão do ex-presidente do conselho de administração da Nissan <7201.T> Carlos Ghosn, que está detido em uma das maiores unidades prisionais da capital japonesa após ter sido acusado de fraude financeira, reportou a mídia local.

Ghosn está preso desde 19 de novembro e, agora, autoridades japonesas precisam apresentar acusações formais contra ele até 10 de dezembro ou libertá-lo.

(Reportagem de Elaine Lies)

tagreuters.com2018binary_LYNXNPEEAT0NW-VIEWIMAGE

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

16 + 9 =

Pergunte para a

Mônica.