Image Image Image Image Image Image Image Image Image Image
Scroll to top

Top

Temer quer que investigação contra ele fique na Justiça Eleitoral

Temer quer que investigação contra ele fique na Justiça Eleitoral

A defesa do ex-presidente Michel Temer (MDB) defendeu no Supremo Tribunal Federal que o inquérito sobre o suposto recebimento de propina da empreiteira Odebrecht permaneça na Justiça Eleitoral de São Paulo. Os advogados de Temer tentam evitar que o caso seja remetido para a Justiça Federal de Brasília, como defende a Procuradoria-Geral da República. Além do ex-presidente, estão sendo investigados os ex-ministros Eliseu Padilha e Moreira Franco.

Por que é importante
Com o fim do mandato, Michel Temer perdeu o foro privilegiado e seus processos deverão ser encaminhados à primeira instância. A decisão sobre cada inquérito será tomada pelo STF
Quem ganha
O ex-presidente, se o pedido da defesa for aceito. As penas na Justiça Eleitoral tendem a ser mais brandas
Quem perde
A PGR, se o STF acatar os argumentos dos advogados do emedebista