PATROCINADORES

STF adia julgamento de liberdade de Lula

Após pedido de vista do ministro Gilmar Mendes, o Supremo Tribunal Federal (STF) adiou nesta terça-feira (4) o julgamento do pedido de liberdade da defesa do ex-presidente Lula. Antes do pedido de vista, os ministros Edson Fachin e Cármen Lúcia já haviam votado contra a liberdade do ex-presidente petista e a anulação dos processos de Lula envolvendo a atuação do juiz Sergio Moro. Para a defesa do petista, Moro demonstrou imparcialidade ao aceitar o convite do presidente eleito, Jair Bolsonaro (PSL), para ser ministro da Justiça, a partir de 2019. Não tem data prevista para o retorno do julgamento no STF.

 

Por que é importante

Preso desde abril deste ano, Lula tenta se livrar de todas as formas da cadeia, após ser condenado na Operação Lava Jato, sob o comando do então juiz Sergio Moro

Quem ganha

A Operação Lava e os ministros Edson Fachin e Cármen Lúcia, que votaram contra o pedido de liberdade de Lula

Quem perde

Lula, que continua preso

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

17 + 1 =

Pergunte para a

Mônica.