PATROCINADORES

PT quer Manuela D’Ávila como vice em chapa presidencial

Diante da indefinição sobre o nome de Lula – que pode ser barrado pela Lei da Ficha Limpa – como candidato à Presidência da República pelo PT, o partido está em busca de alianças para compor uma chapa. O nome da vez é Manuela D’Ávila, pré-candidata pelo PCdoB e bajulada por Lula antes de ser preso no Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, em abril deste ano. A senadora Gleisi Hoffmann, presidente do PT, tem conversado com Manuela D’Ávila sobre uma chapa entre PT e PCdoB, partido que historicamente apoiou os petistas nas eleições. Segundo dirigentes dos partidos envolvidos nas negociações e consultados por MONEY REPORT, Gleisi e Manuela se reuniram em São Paulo nesta quinta-feira (19) para tratar do assunto. O objetivo da reunião foi agilizar as tratativas de uma possível aliança até a convenção do PT, dia 4 de agosto, data em que serão apresentados o candidato e o vice. Consultada sobre a reunião de hoje entre as duas, a assessoria do PT disse que o partido “está em negociações com o PCdoB sobre uma aliança nacional”.

Por que é importante

Como estratégia eleitoral, o PT tem buscado reunir a esquerda em torno de um candidato à Presidência da República, desde que esse nome seja o de um petista

Quem ganha

A fluidez dos debates na TV. Quanto menos candidatos, maior é a chance de aprofundar as discussões

Quem perde

Ciro Gomes, pré-candidato pelo PDT, que também conversa com o PCdoB em busca de uma aliança

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários