PATROCINADORES

“Prisão é um prêmio da Lava Jato”, diz Lula em interrogatório

O ex-presidente Lula prestou depoimento nesta quarta-feira (14) na ação penal que trata das reformas feitas no Sítio Santa Bárbara, em Atibaia (SP), frequentado por ele e sua família. Ele foi ouvido por cerca de três horas pela juíza Gabriela Hardt, que assumiu o comando do processo após o juiz Sérgio Moro aceitar o convite do presidente eleito, Jair Bolsonaro, para se tornar ministro da Justiça do novo governo. Segundo o UOL, Lula negou qualquer relação com a reforma e afirmou que a sua prisão seria “um prêmio” da Operação Lava Jato. Essa foi a primeira vez que o ex-presidente deixou a cela na Superintendência da Polícia Federal em Curitiba (PR) desde que se entregou em abril deste ano.

Por que é importante

O sítio foi alvo das investigações da Operação Lava Jato, que apura a suspeita de que as obras de melhorias no local foram pagas por empreiteiras investigadas por corrupção, como a OAS e a Odebrecht

Quem ganha

A força-tarefa da Lava Jato

Quem perde

Lula, que pode ser condenado pela segunda vez

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

cinco × três =

Pergunte para a

Mônica.