PATROCINADORES

Por cirurgia, TSE quer antecipar diplomação de Bolsonaro

A diplomação de Jair Bolsonaro (PSL) como novo presidente da República deve ocorrer no dia 11 de dezembro. O TSE encaminhou nesta quarta-feira (7) uma sugestão à equipe do governo de transição para agilizar a solenidade. O tribunal quer que o PSL antecipe em cinco dias a apresentação da prestação de contas da campanha. O prazo final é 17 de novembro. Assim, será possível cumprir os prazos do calendário eleitoral e realizar a diplomação de Bolsonaro até 11 de dezembro – um dia antes da data prevista para que ele se submeta a um procedimento cirúrgico. A data limite para a solenidade, que atesta que o candidato foi efetivamente eleito pelo povo, é 19 de dezembro.

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

vinte − 1 =

Pergunte para a

Mônica.